Um frasco velho com uma fragrância moderna.

Início  /  Um frasco velho com uma fragrância moderna.
Um frasco velho com uma fragrância moderna.

No início do século XX, quando a História de Arte ainda estava por florescer, surge o La Vie des Formes, uma reflexão sobre a permanência morfológica de certos elementos no contínuo desenvolvimento de novas esferas artísticas.

A Vida das Formas é, no fundo, a constatação de um facto relativamente óbvio para mim: num mundo cada vez mais invadido por imagens torna-se importante, para uma instituição ou para uma marca, acentuar uma certa continuidade dos seus elementos. No caso da Guerlain esta continuidade manifesta-se, claramente, no desenho dos seus frascos.

O frasco do “Mon Guerlain” é exactamente igual ao do Jicky, um perfume que, quando eu nasci, fazia 100 anos! Desde 1889 até agora a criação original de Baccarat tornou-se um dos ícones da Guerlain e foi propositadamente escolhido para guardar o novo “Mon Guerlain”, um perfume que demonstra o quanto esta Casa tem estado na vanguarda do desenvolvimento de novas fragrâncias bem como na criação artística de frascos de perfume.

O meu comentário ao “Mon Guerlain – Bloom of Rose” é de que se trata, inquestionavelmente, do melhor flanker  do Mon Guerlain, bem melhor que o original!

José Cândido | Maio 2019